sexta-feira, 12 de agosto de 2022

6F0512F4-0F48-4FDE-85FE-8557ED6D2E7A

Única News
Da Redação

Foto: Divulgação

image

A situação se complica e bastante para o suplente de deputado Valtenir Pereira, que será candidato novamente à Câmara Federal. É que o MDB dificilmente conseguirá eleger quatro parlamentares nas eleições desse ano, o que representa metade da bancada federal do partido em Brasília.

Atualmente são dois os representantes da sigla na Câmara: Carlos Bezerra e Juarez Costa, os dois candidatos à reeleição e com uma base política bem estruturada. E agora chegou mais um nome de peso na legenda, o deputado Emanuelzinho Pinheiro Neto, que deixou o PTB e tem a força eleitoral do pai dele aqui na capital.

O desafio para Valtenir Pereira é enorme, porque é o que tem menor “poder de fogo”, dispondo teoricamente de uma estrutura mais tímida de campanha em relação aos seus concorrentes dentro do partido. Valtenir deve estar “sentindo o golpe”, porque além de Mauro Mendes, ele também é desafeto de Emanuel Pinheiro, que vai fazer de tudo para reeleger o filho Emanuelzinho para a Câmara Federal, “empurrando” Valtenir fora da jogada.