terça-feira, 16 de agosto de 2022

7d743a6d3f7190e99c533fc666035102

As manilhas de 400mm foram substituídas por de 800mm, ampliando a capacidade de escoamento da água

A Prefeitura de Cuiabá finalizou mais um trabalho de reconstrução de rede de drenagem de águas pluviais, eliminando um problema de alagamento em um ponto crítico da cidade. A obra foi executada na Rua Marcos Pereira da Luz, no bairro Miguel Sutil, próximo da Avenida Historiador Rubens de Mendonça. Agora, a Secretaria Municipal de Obras Públicas se prepara para executar a recuperação do pavimento.

Desde o mês de maio a Secretaria tem atuado no aperfeiçoamento do sistema de escoamento existente na região, totalizando mais de 500 metros de nova tubulação, somando os trechos alcançados em ruas adjacentes. A obra é composta pelas etapas de escavação, substituição das manilhas de 400mm para as de 800mm, aterramento e compactação do solo, e recapeamento de todo o percurso afetado pela intervenção.

“A capacidade de escoamento da água foi ampliada e, dessa forma, os moradores não terão mais que se preocupar com o problema de alagamento a cada temporada de chuva. A partir de agora, vamos nos dedicar na parte de pavimentação, recuperando toda malha viária atingida pelo trabalho. Nossa previsão é de que neste mês todo o processo seja concluído”, explica o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

Além disso, somado à intervenção na Rua Marcos Pereira da Luz, a Secretária de Obras Públicas também está com atividades desse tipo em andamento na Avenida 30, no Jardim Industriário I, no bairro São Gonçalo III, e na Rua das Violetas, no bairro Serra Dourada. Em todos eles, o trabalho é executado com o objetivo de ampliar a capacidade de escoamento da água.

A obra faz parte do planejamento contínuo da Prefeitura de, além de novas construções, melhorar as estruturas já existentes nas vias da Capital. Por meio desse trabalho, a Avenida Coxipó Mirim, no Dr. Fábio, na Avenida Pau Brasil, na Chácara dos Pinheiros, na Avenida Oátomo Canavarros, na Morada do Ouro, entre outras já foram contempladas.