terça-feira, 16 de agosto de 2022

6ff41102a364406019d3d28b0febb02a

A obra irá beneficiar, de forma direta, cerca de 390 famílias que residem na região

A Prefeitura de Cuiabá continua trabalhando para melhorar a qualidade de vida daqueles que vivem na zona rural da capital. Nesta semana, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas, foi assinada a ordem de serviço para construção de uma ponte de concreto no acesso ao Loteamento do Batec, situado no Distrito do Coxipó do Ouro.

O trabalho no local será executado pela empresa Atrativa Engenharia, sob a coordenação e supervisão da Secretaria Municipal de Obras Públicas. A ponte de concreto irá beneficiar, de forma direta, aproximadamente 390 famílias que residem na região e há mais de 35 anos esperam por essa construção. A previsão é de que a obra dure cerca de quatro meses.

A nova estrutura irá substituir a atual ponte de madeira, que já não oferece condições seguras de uso aos moradores, principalmente durante o período chuvoso no qual o nível da água é mais elevado. A atividade faz parte do Programa Pontes de Concreto, criado pelo prefeito Emanuel Pinheiro para atender a demanda da zona rural.

“A missão da gestão Emanuel Pinheiro é levar melhorias para todas as regiões de Cuiabá, inclusive à zona rural. Não podemos deixar de ter esse olhar cuidadoso com essas famílias que também dependem do poder público. Nossa gestão é humanizada, sensível e comprometida em atender as necessidades da população”, destaca o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

CONTINUIDADE

A atuação no Coxipó do Ouro é continuidade do planejamento iniciado em 2017. Seguindo esse plano, em quatro anos, seis novas pontes de concreto foram construídas na zona rural. Com um investimento de cerca de R$ 4 milhões, foram beneficiados moradores da Ecoville II, Distrito do Aguaçu, Distrito do Coxipó do Ouro (Rio Bandeira e Rio Paciência), e comunidade dos Médicos (Rio Aricazinho e Rio dos Médicos).

Paralelo às grandes construções, outras intervenções pontuais também foram realizadas nesse mesmo período. Entre essas ações estão a manutenção constante das estradas vicinais, construções e reformas de pontes de madeiras, além da implantação de bueiros celular e tubular de concreto, sempre levando em consideração as especificidades dos rios e córregos que passam pelas comunidades.