sexta-feira, 12 de agosto de 2022

45CCD519-8C2E-434A-BD70-B722CB06AB08

Única News
Da Redação

Foto: Luiz Alves

image

Autoridades que marcaram presença na entrega oficial do Estádio “Eurico Gaspar Dutra”, popularmente conhecido como Dutrinha, aplaudiram a iniciativa do prefeito Emanuel Pinheiro em recuperar e entregar o local considerado como o templo do futebol mato-grossense totalmente reformado, bem equipado, com equipamentos de alta qualidade e estrutura adequado para receber grandes campeonatos. O ex-governador Júlio Campos fez questão de marcar presença e aproveitou a oportunidade para relembrar os bons tempos da juventude.

Um eterno apaixonado pelo time do Operário Várzea-grandense, lembrou de vários campeonatos, sendo o Dutrinha o local dos jogos. “Já estive nessa arquibancada. Já choramos, já gritamos de alegria para as grandes vitórias, derrotas enfim, é um local que marca a todos nós cuiabanos.  Estou muito feliz de ver em ver que o prefeito Emanuel Pinheiro, em tão boa hora, recuperou esse patrimônio público do futebol mato-grossense e hoje entrega a sociedade um local bonito, bem equipado e tão bem preparado para receber grandes campeonatos”, relatou o ex-governador Júlio Campos.

O presidente da Câmara Municipal, o vereador Juca do Guaraná agradeceu pela oportunidade de estar presente num momento tão importante como esse da comemoração do aniversário de 70 anos do estádio. “Esse é o berço do futebol cuiabano e mato-grossense, onde surgiram vários craques, como o Pelé, o Garrincha. E o mais importante, o estádio por isso só tem uma marca, pois leva o nome de um cuiabano, que ocupou o cargo como presidente da República, Eurico Gaspar Dutra. Realmente o estádio “Eurico Gaspar Dutra”, o Dutrinha, tão querido e tão conhecido por nós cuiabanos, várzea-grandenses e mato-grossenses representa a história do futebol de cuiabano e de Mato Grosso”, disse Juca do Guaraná.

“O prefeito Emanuel Pinheiro consegue resgatar o verdadeiro sentido do que é cidadania”. Essa foi a ponderação do deputado estadual Carlos Avalone ao reportar sobre a atitude do chefe do Executivo Municipal em transferir por uma semana o gabinete para as instalações do novo Dutrinha. “Com essa atitude, o prefeito faz um resgate do povo cuiabano tão machucado por conta desse momento da pandemia. Sem falar das homenagens retratadas com as estátuas do Fulepa, do Bife, dentre outras personalidades futebolísticas. Está de parabéns e tem nosso total apoio”, afirmou o parlamentar. Presente a vários eventos esportivos, o senador Jayme Campos e ex-governador de Mato Grosso conta que por diversas vezes veio de bicicleta ao estádio para prestigiar grandes partidas do time do coração, o Operário.

“Eu que já frequente o estádio Gaspar Dutra sei da importância dessa revitalização da estrutura. Isso demonstra a preocupação da gestão Emanuel Pinheiro em recuperar patrimônios públicos. O prefeito Emanuel Pinheiro está de parabéns. Acertou em cheio na escolha”, declarou Jayme.

Programação

Na semana de comemorações dos 70 anos do estádio “Eurico Gaspar Dutra”, o Dutrinha, a programação se estende durante a semana. Na sexta-feira (4), a programação terá início às 17h e o prefeito entrega homenagens a 50 personalidades como jogadores, esportistas e radialistas mato-grossenses. Além disso, a solenidade contará com apresentações artísticas, uma partida de futebol infantil, uma partida de futebol feminino e o jogo entre a Câmara Municipal de Cuiabá contra Câmara de Várzea Grande. Por fim, no sábado, a programação de entrega do Dutrinha se encerra com chave de ouro com o primeiro jogo oficial do Campeonato Mato-grossense com o Operário de Várzea Grande e o Cuiabá Esporte Clube. A decisão sobre a entrada de público será tomada nesta terça-feira (1º), em conjunto com os times.

Dutrinha 

O estádio tem o nome do cuiabano nato, Eurico Gaspar Dutra, que deixou sua marca na política brasileira, sendo o único presidente da República oriundo de Mato Grosso, entre os anos de 1946 e 1951. As arquibancadas têm a capacidade máxima para comportar até sete mil pessoas por jogo.