sexta-feira, 12 de agosto de 2022

316FCB68-E251-4061-9A80-773F35F3C375

Cuiabanos que estavam próximo de embarcar para a capital de Mato Grosso, na noite deste domingo (11), em Guarulhos-SP, presenciaram e filmaram o ataque de homem (que seria policial militar no Estado do Paraná), que ameçava explodir uma suposta bomba no aeroporto e ainda fez uma funcionária da empresa Gol Linhas Aéreas como refém.

O caso aconteceu por volta das 21h, quando várias filas se formavam para que passageiros pudessem ir até seus destinos. O ponto do ataque do suposto PM era próximo de um portão de embarque que estavam passando passageiros que iam para Maceió e também da fila com passageiros que seguiam para Cuiabá.

Alguns cuiabanos que estavam na fila, viram a situação e filmaram. O suposto PM estava armado com uma caneta, com a máscara baixa e exigia a Polícia Federal no local, que chegou posteriormente e, após negociação, conseguiu a rendição do homem.

Os cuiabanos aguardavam um voo da Latam, que partiu sem atraso significativo e deve chegar em Cuiabá nas primeiras horas desta segunda-feira (12).

Por conta do fato, o voo da Gol Linhas Aéreas para Maceió (AL) sofreu atraso e deverá partir apenas às 23h (de Mato Grosso) com direção ao seu destino.

Após o homem se entregar, os agentes da Polícia Federal o revistaram e descobriram que a ameaça de bomba era falsa. Apenas o voo para Maceió foi o que sofreu atraso significativo por conta do fato, conforme o site Fligth Radar.