terça-feira, 09 de agosto de 2022

lazaro-barbosa-preso-418×235

Segundo Segurança Pública, ele foi baleado em troca de tiros em Águas Lindas de Goiás. Aos 32 anos, ele tinha extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

Lázaro Barbosa, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no DF, foi morto em troca de tiros com policiais nesta segunda-feira (28). Ele foi preso ferido, mas com vida, e morreu chegando a hospital de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF. O criminoso estava há 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes. Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

O procurado foi atingido por vários tiros. Após ser baleado, ele foi levado por uma viatura do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Bom Jesus (assista acima), mas morreu. Por volta de 11h10 uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) chegou aos fundos da unidade de saúde e levou o corpo dele para ser periciado em Goiânia.

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, comemorou o fim da operação: “Missão cumprida. Restabelecemos a paz e tranquilidade nessa comunidade de bem”.

Ainda de acordo com ele, Lázaro atirou contra os policiais e foi baleado durante confronto.

Apesar da troca de tiros, nenhum policial ficou ferido. Chefe da pasta detalhou ainda que o criminoso foi socorrido com vida, mas morreu chegando ao hospital.

Segundo Miranda, a equipe que estava nessa troca de tiros estava há 13 dias “dentro do mato, literalmente”.

Durante coletiva, Rodney Miranda contou sobre o cerco que terminou com o confronto. De acordo com ele, os policiais viraram a madrugada procurando o fugitivo, “até que hoje cedo finalizamos a ocorrência e com todos policias bem e o grande objetivo de não deixar ele machucar mais ninguém”, afirmou.