sexta-feira, 12 de agosto de 2022

D693A6ED-9E96-42E4-9EFB-52DD0E2E57DE

Liliane Barbosa da Silva, 27, foi assassinada na madrugada desta quarta-feira (05) pelo seu ex-marido, de 23 anos, dentro da sua casa, no bairro Teles Pires, em Colíder (650 km de Cuiabá). A vítima no mês de dezembro registrou dois boletins de ocorrências e no dia 1º de janeiro registrou o terceiro. Ele chegou a ser preso, mas foi solto e depois de tantas ameaças de morte, consumou o crime.

De acordo com ocorrência, o corpo de Corpo de Bombeiros foi acionado para uma ocorrência de homicídio e ao chegar encontraram a vítima caída, com várias facadas pelo corpo, onde foi constatada a morte.
Mas como se tratava de um caso de feminicídio, a Polícia Civil foi também acionada e enquanto trabalhava na cena do crime recebeu uma ligação de um homem.

Ele se apresentou como pai de Edenilson de Souza da Silva e afirmou que o filho chegou todo sujo de sangue em casa, afirmando que tinha ‘feito uma cagada’ e que dessa vez, ‘acabou com a vida de Liliane’.

Com a confissão do filho, o pai decidiu acionar a polícia. A equipe foi até o sítio da família, onde encontrou o suspeito no pasto, deitado em uma rede dentro de um cocho. Ao ser abordado, disse que se entregaria na manhã seguinte, porém os policiais não acreditam na versão, já que durante o ato de prisão o suspeito apresentou resistência e foi preciso o uso de força moderada.

Prisões e agressividade:

No dia 10 de dezembro, ela registrou um boletim de ocorrência após ser ameaçada pelo agressor. Dia 20, ele acabou sendo preso por quebrar a medida protetiva que ela tinha. Consta que o suspeito foi até a casa da vítima e não queria ir embora.

Solto dias depois, no dia 1º de janeiro, ela estava em companhia dos filhos quando foi abordada por ele em uma rua. Obrigada a subir em uma moto, o agressor a levou para um espetinho junto com as crianças.

Lá, ao cumprimentar um amigo, passou a ser agredida e ameaçada pelo suspeito. Levou murros e golpes de capacete. Ainda na moto, gritava por socorro. Antes de abandonar a vítima e os filhos na estrada, roubou seu celular e uma quantia de R$ 1 mil.

 

 

 

 

 

 

Única News