sexta-feira, 12 de agosto de 2022

WhatsApp-Image-2021-08-18-at-21.11.40-(1)

O helicóptero que explodiu após cair em uma fazenda de Campo Verde (139 quilômetros de Cuiabá), na tarde desta quarta-feira (18), estaria a serviço do tráfico de drogas. A suspeita é de que ele estaria ido buscar entorpecente e voava baixo para não ser flagrado pelo radar de aeronaves.

O piloto de 43 anos, único a bordo da aeronave, sobreviveu e foi encaminhado ao hospital em estado grave. Funcionários de uma fazenda, que terminavam a colheita de algodão, viram o momento em que o helicóptero caiu e depois explodiu.

Foram eles que prestaram os primeiros socorros e chamaram ajuda.

A suspeita, segundo a Polícia Militar, é que a aeronave estava sendo usada para dar apoio ao tráfico de drogas. Porém, foram encontrados apenas pacotes de macarrão instantâneo e latas de sardinha. A polícia informou que ele estava consciente no momento em que o socorro chegou no local do acidente. Porém, piorou durante o transporte para o Hospital Coração de Jesus.

A equipe da unidade de saúde entregou aos militares pouco mais de R$ 2 mil e alguns pertences pessoais do piloto. As causas do acidente ainda serão investigadas.

Fonte: Olhar Direto