segunda-feira, 15 de agosto de 2022

amp-_RFP6384(1)

O artista plástico cuiabano Gervane de Paula levou algumas de suas obras da série “Arte Aqui Eu Mato” para a exposição ArtRio 2021. O stand com as obras no Rio de Janeiro é resultado do apoio da Prefeitura Municipal de Cuiabá e execução do MT Projetos de Arte.

“Sou um artista que decidi assumir minha região. Minha obra carrega uma forte relação com o meio onde vivo, dentro de três ecossistemas: cerrado, pantanal e floresta. Esse é o ponto de partida e de reflexão”, diz o artista.

Gervane de Paula fez parte do grupo que expôs no Parque Lage, no Rio, nos anos 80, e se tornou célebre. O artista vive em Cuiabá e nunca foi representado por uma galeria, mesmo tendo suas obras em acervos de importantes museus e coleções particulares, como  Gilberto Chateaubriand.

“Com a proposta do MT de dar visibilidade a artistas periféricos, Gervane se encaixa na nossa premissa de colecionismo ativista. Acreditamos que colecionadores têm que suprir lacunas, têm responsabilidade social”, diz a fundadora e colecionadora Margareth Telles.

O MT Projetos de Arte é uma plataforma de apoio a novos artistas e a artistas veteranos pouco lembrados no circuito de artes. O projeto oferece espaço e material para os artistas trabalharem, precifica as obras e negocia a venda. A receita é integralmente revertida para apoio aos artistas.

ArtRio 2021 – 08 a 12 de Setembro (tempo de exposição de obras de Gervane), Rio de Janeiro