terça-feira, 16 de agosto de 2022

7D623CD0-5F94-4B20-88B0-DCED3020A0F4

O prefeito de Cuiabá em exercício, José Roberto Stopa (PV), se reuniu com o governador Mauro Mendes (DEM), no final da tarde desta terça-feira (16) para buscar recursos para a Capital. Organizado pelo deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), o encontro foi a primeira conversa entre os gestores após a viagem de Mendes e a posse de Stopa como prefeito interino.

“Essa é a primeira conversa que eu tive com o governador, depois que o mesmo voltou de viagem e depois que eu assumi a Prefeitura no dia 20. É pra tratar de Cuiabá, obviamente. Essa foi uma reunião que o deputado Eduardo Botelho organizou no sentido de buscar recursos para a Capital. Foi uma primeira reunião, vamos ter outras. Mas o governador se colocou sensível e em breve vamos apresentar alguns projetos que consideramos estratégicos ao governo do Estado”, disse o prefeito.

Com quase duas horas de duração, a conversa entre os políticos deve render bons frutos à Cuiabá. Segundo o gestor municipal, serão apresentados diversos projetos importantes para a cidade, com foco na área de asfalto.

“Não foi uma reunião de decisão ainda. Eu pedi basicamente questões na área de asfalto. Discutimos vários outros assuntos, e vamos encaminhar os projetos. Mas eu coloquei que Cuiabá precisa muito de asfalto”, explica Stopa.

No entanto, o prefeito deixou claro que Mendes não assumiu nenhum compromisso, mas, no momento certo, os projetos serão apresentados e a conversa será retomada.

Stopa ainda foi questionado sobre outros assuntos que poderiam ter sido abordados na reunião, como a questão da discussão entre VLT e BRT. “Não tocamos no assunto do VLT, e não discutimos nenhum desses assuntos polêmicos”.

Em relação ao prefeito afastado, Emanuel Pinheiro (MDB), o gestor em exercício reafirmou que o emedebista sabia sobre o encontro na sede do Estado.

“O prefeito Emanuel Pinheiro sabe que eu iria fazer uma visita ao governador, tanto é que não é segredo e vocês todos ficaram sabendo. Na minha vida, eu sempre ajo com extrema transparência. Não tenho nada a esconder, minha função nesse momento é tocar Cuiabá, e não deixar ela parar. Não vim aqui numa reunião sigilosa, não tenho motivo nenhum para que isso seja sigiloso, muito pelo contrário, é uma honra ser atendido pelo governador tão prontamente, quanto o deputado Botelho. Ele me ligou na sexta para vir aqui […] O prefeito Emanuel nunca me pediu para eu não vir ao governo do Estado”, finaliza Stopa.

 

fonte: Única News