segunda-feira, 15 de agosto de 2022

d68084c4e14d51f778b09da2c3b65e57

O plano é que a campanha de vacinação trabalhe com um cadastro bem amplo, para que todos os polos de vacinação sejam utilizados em sua totalidade

Depois de ser aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB/MT) no último dia 11 de junho, a Prefeitura de Cuiabá abriu cadastro na campanha Vacina Cuiabá para lactantes de bebês de até 1 ano nesta terça-feira, 22 de junho. Elas devem levar a cópia da certidão de nascimento da criança, que ficará retida com os demais documentos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a ideia é ampliar o cadastro para agilizar a vacinação contra a covid-19 no município. O plano é que a campanha de vacinação trabalhe com um cadastro bem amplo, para que todos os polos de vacinação sejam utilizados em sua totalidade.

A mamãe de primeira viagem Brenda Closs não via a hora de chegar sua vez de fazer o agendamento. Para ela, a vacinação é sinal de proteção para seu pequeno Otávio, de apenas 9 meses de vida.

“Estava ansiosa por este dia. Todo dia atualizava o site da vacinação para saber se lactantes tinham entrado no grupo. Estou muito feliz por me imunizar e principalmente, imunizar meu filho. Agora é torcer  que chegue a hora de mais pessoas e em breve isso tudo passe”, disse.

Para se cadastrar, é necessário entrar no site e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual.  Quando ela for agendada, o sistema do site enviará uma mensagem de WhatsApp automática e/ou um e-mail para a pessoa informando que ela já está confirmada para ir tomar sua vacina.

No dia da vacinação, as lactantes devem levar o QR Code impresso e comprovante de endereço. Todos também devem estar com o Cartão SUS atualizado em Cuiabá. As cópias dos documentos ficarão retidos no local da vacinação, à disposição dos órgãos de controle e de verificação.

“Recebemos uma porcentagem da vacina Coronavac para a primeira dose das lactantes, por isso estamos abrindo o cadastro desse público, que também já começará a ser agendado. Aquelas que não forem chamadas neste agendamento, podem ficar tranquilas, pois serão chamadas nos próximos, à medida que recebermos mais doses para elas”, disse Valéria de Oliveira, coordenadora da campanha de vacinação.