terça-feira, 16 de agosto de 2022

AE78AFB9-C886-468F-AD6D-F120304A9A1E

Ele confessou que voltaria e levaria mais cem animais e ainda tentou pagar policiais para ser liberto

José Aparecido da Silva, de 34 anos, foi preso em flagrante nesta madrugada (24) após ser flagrado furtando 15 cabeças de gado da fazenda onde é capataz em Nova Andradina, cidade a 300 km de Campo Grande.

 

O flagrante aconteceu após a polícia abordar o caminhão VW 7 110s na MS-340 no trevo com a BR-267. Em contato com o condutor e o passageiro, ambos apresentaram nervosismo e foram ouvidos separadamente, momento em que deram versões controversas.

Em seguida, o passageiro confessou que havia furtado 15 cabeças de gado da fazenda onde trabalha como capataz e contratou o caminhoneiro para levar os animais até uma outra propriedade rural na cidade e receberia R$ 1500 pelo transporte, além de pagar R$ 2500 ao dono do caminhão. O motorista ainda confirmou que sabia a origem dos animais.

O capataz disse ainda que já havia realizado o furto outras vezes e que na fazenda haveria mais de mil cabeças de gado e o proprietário, que mora em Garça, São Paulo, não te controle sobre a quantidade do rebanho.

O funcionário ainda confessou de em seguida pegaria mais cem cabeças e venderia para arrecadar dinheiro e pedir as contas do serviço.

Aos policiais, o rapaz ofereceu R$ 10 mil para ser liberado com a carga. Ele então foi preso também por corrupção ativa.

Ambos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina, assim como o veículo e os animais.

Em contato com o proprietário doa animais, desejou representar criminalmente contra o suspeito e disse que chegou a desconfiar as atitudes do rapaz.

 

Fonte: https://amp.campograndenews.com.br/cidades/interior/capataz-e-preso-em-flagrante-furtando-15-cabecas-de-gado-e-diz-que-nao-e-1a-vez