terça-feira, 09 de agosto de 2022

C41E7352-ADC0-495E-8E53-2DBB9AC434E4

Município manteve festas, mesmo com aumento de casos de síndromes gripais no último mês

WELINGTON SABINO

Da Redação

Boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (5) pela Secretaria Municipal de Saúde de Chapada dos Guimarães (67 km de Cuiabá), aponta que 22 novos casos de Covid-19 foram registrados nos últimos seis dias. Além disso, houve aumento no atendimento às pessoas com síndromes gripais.

Até então, o último balanço divulgado foi em 29 de dezembro, ocasião em que as notificações de pessoas infectadas pelo novo coronavírus somavam 2.044 desde o início da pandemia em março de 2020. Com a mais recente atualização esse número subiu para 2.066. No momento, 22 pessoas estão em isolamento e uma está internada.

Esse aumento de casos de Covid em Chapada é atribuído por algumas pessoas, às festas de ano novo, pois o prefeito Osmar Froner (MDB), mesmo bombardeado por críticas, manteve a festa de réveillon na Cidade, o que atraiu milhares de pessoas para a Chapada dos Guimarães na virada do ano.

Vídeos e fotos publicados por populares mostraram que houve muita aglomeração e não utilização de máscaras faciais por parte de milhares de pessoas que estiveram comemorando a passagem de ano em Chapada dos Guimarães. Na entrada do evento, a organização exigia comprovante de vacina e uso de máscaras, mas dentro do local da festa poucas pessoas usavam a proteção individual.

Conforme informações da secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Blanco, divulgadas pelo site Notícias de Chapada, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) tem atendido cerca de 200 pessoas por dia com síndromes gripais e respiratórias.

No site da Prefeitura de Chapada dos Guimarães, na parte de informações relativas aos casos de Covid-19 os dados estão desatualizados. Contudo, o boletim com dados desta quarta-feira foi disponibilizado nas redes sociais do Município.

Na publicação oficial no Facebook, alguns internautas usaram o espaço dos comentários para relacionar o aumento nos casos da doença com a festa de réveillon. “Pois é antes do showbiz do prefeito eram 02 em isolamento agora são 22 . E vivaaaa a ideia maravilhosa”, escreveu Claudia Filsner. “O resultado da festa”, postou Luis Paulo Paula. “Só aumentando”, observou a internauta Aline Elisabett.

folha max