terça-feira, 16 de agosto de 2022

38F7E0A5-8A6F-4FE2-A891-ADD2C2052374

O padrasto cometeu abusos sexuais contra a enteada durante cerca de três anos, segundo a Polícia Civil; mãe sabia do crime, de acordo com a vítima.

Umuarama News
Única News

Foto: Divulgação

image

Um homem, de 41 anos, foi preso preventivamente na última sexta-feira (04), em Bocaiúva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, suspeito de estuprar e engravidar a enteada.

O delegado Mario Sergio Zacheski, conhecido como Bradock, afirmou à reportagem da Banda B que a jovem foi abusada sexualmente durante cerca de três anos.

“Ele é acusado pela enteada de abuso sexual. Segundo ela, os estupros ocorriam desde que tinha 15 anos”, disse ele.

A vítima denunciou o padrasto dias depois de completar 18 anos, afirmou o delegado. Um mandado de busca e apreensão também foi cumprido durante esta madrugada.

A jovem, que afirma ter engravidado do padrasto, revelou à polícia que a mãe sabia dos crimes, mas “não acreditava”.

“Ela avisava a mãe sobre os constantes abusos e a mãe não acreditava”, prosseguiu Bradock.

A mãe da vítima foi denunciada como partícipe dos abusos por saber dos estupros e não delatar o suspeito, concluiu o delegado.

Foto: Divulgação

padrasto tarado